Livros Gratuitos Já

A natureza da mordida – Carla Madeira – PDF GRATUITO


Depois dos aclamados “Tudo é rio” e “Véspera”, Carla Madeira volta a explorar os intricados conflitos humanos em “A Natureza da Mordida”, apresentado com uma capa de acabamento metalizado e pintura trilateral.

“O que você não tem mais que te entristece tanto?” Essa é a pergunta inicial de Biá, uma psicanalista aposentada e amante da literatura, dirigida à jovem jornalista Olívia, em um encontro casual em um sebo improvisado. Esta provocação inesperada, vinda de uma estranha que ouve “como quem abraça”, desencadeia uma série de encontros marcados por uma crescente intimidade, revelando gradualmente as histórias profundas das duas mulheres. “Nossa amizade começou assim, enquanto nos afogávamos”, compartilha Olívia.

Alternando entre as vozes, a narrativa objetiva, descritiva e linear de Olívia contrasta com os fragmentos dispersos das memórias de Biá, cuja memória falha e pouco confiável conduz a um ponto crucial na trama, revelando eventos marcantes do passado de cada uma, destacando os diferentes tipos de abandono enfrentados (e perpetrados) pelas duas amigas. Ao conhecer Olívia, o leitor é preparado para compreender Biá e, por fim, refletir sobre a pergunta: o que faríamos em seu lugar?

Assim como em seus romances anteriores, as personagens de Carla Madeira ganham vida nas páginas para confrontar o leitor com questões universais, incluindo a natureza do amor incondicional, a intensidade do desejo, o peso da culpa e do esquecimento, e a complexidade da memória e do perdão. É também uma obra sobre a profundidade da amizade.

Com uma narrativa singular, poderosa e cativante, Carla Madeira reafirma seu lugar como uma das vozes mais marcantes da literatura contemporânea brasileira em “A Natureza da Mordida”.

Este livro, assim como todos os outros disponíveis no site, é destinado exclusivamente para uso pessoal. Considere a possibilidade de adquiri-lo.

File size

CLIQUE AQUI E
AVALIE NOSSO SITE.

0 0 votes
Avalie
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x